Enxerto ósseo dentário: quando é preciso?

O enxerto ósseo dentário é um procedimento realizado em pessoas que perderam dentes e precisam substituí-los com implantes, mas não possuem estrutura óssea suficiente para a realização da cirurgia. O enxerto, nesse caso, serve para preencher esse espaço, aumentando a altura ou espessura do osso e, com isso, possibilitando uma melhor fixação do implante dentário.

Como funciona o enxerto ósseo dentário?

Como já explicamos aqui no blog, o implante dentário é realizado em duas etapas: a primeira, que é a instalação de uma raiz de titânio (implante) diretamente no osso maxilar do paciente, e depois a colocação de uma prótese dentária (dente artificial) sobre o implante.

O que acontece é que, em alguns casos, o paciente sofreu algum trauma ou permaneceu sem um dente por muito tempo após uma extração, resultando em perda ou atrofia da estrutura óssea. Portanto, é necessário realizar um enxerto para recuperar o volume e qualidade do osso maxilar para, posteriormente, receber um implante.

Existem vários tipos de enxerto ósseo, dependendo da região e quantidade óssea necessária:

  • Na arcada superior, o mais utilizado é a colocação de um biomaterial (granulado sintético) para preencher o seio maxilar, que é aquela cavidade que possuímos na parte superior da face.
  • Na arcada inferior, o mais comum é usarmos os enxertos autógenos, ou seja, removemos um pedaço de osso do próprio paciente (normalmente da região posterior inferior, onde fica o dente de siso) e colocamos na região a ser implantada.
Ilustração de área a receber enxerto ósseo dentário

Fonte: Lovemerender

Como saber se preciso de enxerto dentário?

Antes de realizar o implante dentário, o implantodontista, que é o profissional especializado nesse tipo de procedimento, irá fazer uma avaliação criteriosa do seu caso para determinar se há estrutura óssea suficiente para suportar o implante. Para isso, normalmente é solicitada uma tomografia computadorizada cone beam, que nos mostra em imagens tridimensionais como está a estrutura óssea.

Se constatar que o osso no local está fraco ou insuficiente em altura ou espessura, será necessária a realização de um enxerto ósseo antes da colocação do implante. Na maioria dos casos, o implante pode ser colocado logo após a realização do enxerto, o que reduz muito o tempo de espera para que possamos instalar a prótese sobre o implante.

A enxertia óssea é um procedimento que necessita uma boa avaliação e deve contar com um profissional experiente na execução. Em nossa clínica, já foram realizados inúmeros tratamentos com resultados excelentes! Ter um profissional de confiança durante esse processo faz toda a diferença e é imprescindível para recuperar a sua segurança de sorrir novamente.

Ficou com alguma dúvida sobre enxerto ósseo ou quer saber mais sobre o procedimento? Entre em contato conosco e fale com nossos especialistas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *